Viajar e conhecer lugares novos é sempre uma experiência que vale a pena. Agora imagine conhecer três, quatro ou mais destinos em apenas uma viagem? E sem ter que se hospedar em diferentes hotéis ou enfrentar várias idas e vindas de avião, carro ou ônibus. Parece um pouco impossível, mas se você optar por um cruzeiro marítimo vai conseguir fazer isso e muitas outras coisas. Só na temporada 2010/2011 quase 793 mil pessoas viajaram por águas brasileiras a bordo de um navio, de acordo com dados da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) no estudo feito em parceria com a FGV.

O sucesso dos cruzeiros acontece por conta da comodidade, da praticidade e das opções que eles oferecem ao turista. A cada dia da viagem o navio para em um destino diferente e ali fica ancorado durante a manhã e a tarde, às vezes a noite também. Nas paradas os passageiros podem sair e conhecer a cidade, além de fazer excursões pelos pontos turísticos. A bordo do transatlântico há restaurantes, lojas e piscinas, além de inúmeras outras opções de lazer e entretenimento.

O Brasil ocupa a quinta posição no ranking mundial de cruzeiristas, feito pela Associação Internacional de Companhias de Cruzeiro (CLIA na sigla em inglês) e é o único país de toda a América do Sul a fazer parte da lista dos 40 destinos mais visitados do mundo, feita pela Organização Mundial do Turismo.

Nos últimos anos os cruzeiros estão cada vez mais presentes nos planos de viagem dos brasileiros. Mas, para aproveitar o máximo e não ter dores de cabeça, é preciso se atentar a alguns detalhes e informações úteis na hora de ir para alto mar.

Saiba detalhes e veja dicas úteis para sua primeira viagem:

Antes

Atenção na hora da compra
Pesquise bastante antes de fechar negócio, sites como Decolar.com e CVC trazem diferentes opções de preços e de navios, assim é possível comparar. Informe-se acerca dos destinos que o cruzeiro oferece, o número de noites da viagem e de qual cidade o navio partirá, pois a ida até o porto fica por sua conta. Há pacotes que oferecem apenas comida e cobram a bebida à parte, mas há também aqueles em que tudo é incluso.

Planeje a viagem com antecedência
É sempre bom se organizar faltando meses para viajar, hoje é possível se programar para um cruzeiro até dois anos antes. A maioria dos cruzeiros podem ser parcelados em até dez vezes sem juros, assim você quita a viagem antes mesmo que ela aconteça.

O que levar na mala?
A dica é levar roupas suficientes para usar combinações durante o dia e a noite e leve calçados “coringas”, que possam ser usados com diferentes peças de roupa. É tradição nos cruzeiros o “jantar com o comandante”, que exige dos passageiros um traje de gala, portanto se previna e separe um vestido longo ou um terno. Roupa de cama e de banho não são necessárias, pois na cabine há lençóis, cobertores e toalhas que são trocados diariamente pelas camareiras. Não se esqueça dos biquínis, maiôs ou sungas, pois além das piscinas do navio, em algumas paradas há praias, lagos ou cachoeiras para visitar.

Eletrônicos
Celulares, notebooks e tablets funcionam normalmente no navio. Durante algum momento da viagem o sinal de telefonia pode ficar fraco, mas tudo funciona. Para todos os passageiros é oferecida internet sem-fio e, caso não queira levar seu computador portátil, há também PCs disponíveis para uso (normalmente mediante o pagamento de uma taxa).

De casa até o navio
Os cruzeiros saem dos portos marítimos, localizados em cidades litorâneas e não oferecem serviços de transporte gratuito até o navio. Portanto, caso precise de um carro, ônibus ou até avião para chegar até lá, é preciso que adquira esses serviços por conta própria. Algumas agências de turismo possuem opção de traslado, que leva e traz os passageiros, mas é preciso pagar à parte. Uma sugestão é fechar com um taxista pacote de ida e volta, assim já fica tudo acertado antes da viagem, sem ter que se preocupar com transporte na última hora.

No embarque
Assim que chegar no porto, você precisará etiquetar e entregar suas malas, pois elas embarcam antes de você. Verifique na sua passagem o nome do navio e da companhia, logo na entrada dos passageiros haverá placas onde estarão escritos os nomes de um ou de outro. Mostre seu RG, e os dos demais que viajarão com você, além das passagens. Depois de colocar as etiquetas na bagagem, dirija-se ao portão de embarque. Lá dentro procure novamente pelo nome da companhia do navio e dirija-se aos balcões para fazer o check-in, todas as instruções serão dadas ali, portanto tire todas suas dúvidas. De novo apresente as passagens e os RGs para pegar os cartões do cruzeiro, eles abrem as portas das cabines e precisam ser apresentados sempre que solicitados, como por exemplo na hora de sair do navio.

Durante

Bem-vindo
Ao entrar no navio você já pode conhecer os andares e espaços do interior. No seu cartão há o número do deck em que está sua cabine, caso esteja escrito “Deck 8″, por exemplo, seu quarto fica no 8º andar. Não se preocupe, pois suas malas serão levadas até a sua porta. Dentro do seu aposento provavelmente já haverá o papel com a programação de todo aquele dia: hora do café da manhã, almoço, jantar, atividades,funcionamento dos bares, restaurantes, lojas, etc.

Da proa à popa

O navio é muito grande e possivelmente você vai demorar até conseguir conhecer todos os espaços. Para não perder tempo e saber o que cada andar possui, vá até a recepção e veja quando será feito o tour pelo navio. No primeiro dia sempre há uma visita monitorada, para que os novos passageiros fiquem familiarizados com tudo. Depois que você for em todos os lugares, ficará por sua conta se organizar e programar seu dia!

E o que fazer dentro do navio?
Lazer e entretenimento não faltarão lá dentro. Entre as diversas opções há música ao vivo em vários decks, atividades na piscina, aulas de ginástica, artesanato, dança, espetáculos, academia para se exercitar e outras tantas coisas oferecidas aos passageiros. Os shows no teatro são apresentados em dois horários, em cada um passageiros de turnos diferentes assistem ao espetáculo, mas não se preocupe o seu turno estará marcado no seu cartão.

Hora de comer
O horário das refeições são bem flexíveis e atendem daqueles que gostam de acordar mais cedo até àqueles mais dorminhocos. Geralmente o café da manhã vai das 6h30 às 10h30, o almoço das 13h às 16h, o jantar das 19h às 22h e das 0h às 3h são servidos comes e bebes variados. Esses horários variam um pouco de um navio para outro. Mas se surgir aquela fome inesperada, sempre haverá alguns petiscos disponíveis no buffet fora desses horários oficiais. Há opção de restaurantes self-service e à la carte também. Neste último, as mesas são numeradas de acordo com a cabine, portanto todos os dias você comerá no mesmo lugar e o horário também funciona diferente, pois são divididos em dois turnos. Mas tanto a numeração da mesa quanto o seu turno estarão marcados no cartão. No restaurante à la carte não é permitida a entrada de pessoas com bonés, regatas ou bermudas, portanto fique atento quanto a isso.

As excursões
Na recepção se informe onde são adquiridas as excursões, pois é preciso fazer as reservas com antecedência. Os passeios são pagos à parte e o valor é apenas pela levar os passageiros até o destino e trazê-los de volta. Caso visite alguma atração que precise de ingressos, eles devem ser comprados na hora por você. Fique muito atento aos horários de saída e retorno da excursão. E é importante saber que dentro do navio só são aceitos dólares, ou euros dependendo da companhia, portanto veja as formas de pagamentos nos cartões de crédito ou débito.

Enjoado ou passando mal?
São raras as pessoas que passam mal por conta do balanço do mar, pois pelo tamanho do navio, dificilmente se sente balançar. Mas caso isso aconteça há um ambulatório à disposição dos passageiros e remédios para enjoô são oferecidos na recepção.

Depois

O último dia
Quando ele chegar você não vai querer sair do navio e provavelmente já estará pensando quando fará o próximo. Os procedimentos para o desembarque são simples:
Caso tenha adquirido algum serviço ou produto que não estava incluso, será preciso fechar a conta;
Se usou o cartão de crédito ou débito os gastos serão mandados para sua cabine, apenas no caráter de informá-lo;
As malas deverão ser deixadas do lado de fora da cabine até a madrugada do último dia, pois serão levadas para o porto e retiradas pelos passageiros.

Fora do navio
Você será informado onde estão suas malas para levá-las. A partir daí é só voltar para casa e pensar no destino do próximo cruzeiro.

Conheça as companhias de cruzeiro disponíveis no Brasil
Costa Cruzeiros
Ibero Cruzeiros
Aida Cruises
Royal Caribbean International
MSC
Pullmantur

Fonte: http://www.fashionbubbles.com